Fotos inusitadas da Segunda Guerra Mundial – Parte 2


Segunda Guerra Mundial foi, sem sombra de dúvidas, um evento horrível para a humanidade. Porém, dentre tantas mortes e violência, existiram muitos momentos inusitados. Confira a Segunda parte da galeria de fotos inusitadas da Segunda Guerra Mundial:


CONFIRA AQUI A PRIMEIRA PARTE DA GALERIA

Caso tenha gostado da matéria, compartilhe com seus amigos clicando abaixo:



Fundador do site Games de Guerra e viciado em jogos de guerra desde 1996


Valem seu clique:


Deixe seu comentário:

  • Lilith

    Gostei mais da foto dos cachorrinhos *—–* Parabéns pelo post! <3

  • Angelo jr

    caramba, a alemãozada entrava cedo nas forças

  • luiz henrique

    Não sou defensor das guerras,pois sempre se cometem horrores de todos os lados,mas geralmente, só se mostra o lado ruim do derrotado,mas as fotos estão mostrando o outro lado do soldado alemão.Já vi mais fotos neste sentido,incluindo a camaradagem deles
    .
    parabéns

  • Brüno R

    Show de BolLa as Fotografias… nota-se que mesmo Decadas atras… Eles se divertiam bastante…
    Em minha opiniao na quele tempo eles tinha mais que se diverti mesmo pois eles davam o sangue para proteger os habitantes e os patrimonios de seu PAIS.
    Hoje em dia os Militares Presentes só querem proteger os seus Bolsos…
    É tudo na base do Dinheiro da corrupção…

    São poucos os que lutam para proteger seu Pais… O Seu Povo.

    Aos Post (Fotografias) Esta de Parabéns muito bacana mesmo as fotos.

  • Soraia

    É de se notar que nosso povo (brasileiro) não tem noção do que seja uma guerra. Desculpe-me, mas isto mostra como este meu país é alienado. O ódio não faz parte de nossa história. Não sabemos o que é isso Graças a Deus. Não existe foto engraçada ou bonitinha da 2ªguerra. São apenas bastidores, apenas. São homens comuns, mas impulsionados por uma força demoníaca. Não tem outra explicação. Não sou judia, nem prof.ª de história apenas procuro conhecer um pouco deste período terrível da história. São legais as fotos, mas tudo que se relaciona a esta guerra deveria ser exterminado. Pobre povo alemão.

    • Luiz Alfredo Machado

      As fotos são ótimas e mostram um lado humano que existe em qualquer exercito ou grupo de homens essa idéia de “homem maquina de guerra” é uma invenção do cinema com relação ao comentario sobre a alienação do nosso povo. acredito que é exatamente a falta de ter vivenciado uma guerra aberta como o povo alemão ou o japones .. isso os tornou mais fortes e organizados que nós que sempre vivemos nessa suposta “paz” que querem nos fazer acreditar os meios de comunicação. um dado interessante para pensar-mos 10 anos de guerra no Iraque, não nos deve assustar pelo numero de mortes, em 2013 morreram quase o mesmo numero de pessoas aqui.

  • ConozcoLaHistoria

    Engraçado como há brasileiros, muitos desses que jogam Games de Guerra com um fanatismo doente e psicopata, que acham que todo o conflito se limita ao discurso da “defesa da pátria”. Foda-se a pátria! Não tenho pátria, tenho mátria e amor pelo o que é democrático, republicano. Sim, todo exército tem que ter “camaradas”, até pq muitos dos soldados não sabem o que fazem nas trincheiras, são obrigados a “servir” ao seu país para não desertar “sem honra” e SÃO SIM máquinas de guerra, sobretudo porque são manipulados por ideologias que pregam ódio étnico e a intolerância religiosa.

    Agora, dizer que tudo o que aconteceu foi em “nome da nação” é falta do mínimo de estudo e alienação. Talvez ler as legendas que aparecem em alguns Games de Guerra bem elaborados e historicamente aceitáveis seja um primeiro passo para perceber que, em geral, são os interesses econômicos – postos em prática através dos interesses políticos – que movimentam as maiores e mais cruéis engrenagens de nossa sociedade mundial.

    Só faltou o figura lá em cima dizer que entre os nossos carrascos da ditadura “branda” brasileira (pérola entre aspas que saiu da boca de um ótimo historiador, mas péssimo cientista político brasileiro) havia camaradagem suficiente para que hoje alguns insanos e desequilibrados (p não dizer egoístas criados no leite-com-pera e na frente de videogames) afirmem que “na ditadura tudo no Brasil era melhor”. E então vai dizer: “a ditadura nem foi uma guerra, mané”, e vai ter que ouvir: “todo tipo de violência contra qq ser humano e em qq contexto é uma guerra que apenas não foi nomeada”.