Tanque M4-Sherman – Armamento histórico


 

Tanque M4-Sherman

Os Estados Unidos foi um dos países que saíram como grandes vitoriosos da Segunda Guerra Mundial. Muito se deve ao seu principal veículo blindado, o famoso “M4 Sherman”, que ganhou esse nome em homenagem ao general Sherman.

Os Norte-Americanos tinham o projeto do tanque M4 desde 1940. O objetivo do novo tanque era substituir o antigo M3 Lee que possuía características limitadas, como um canhão móvel muito fraco de 37mm e um canhão maior de 75mm que ficava preso ao chassi e reduzia a efetividade do veículo.

Tanque M3 Lee no museu no RJ - Foto por André Quintão

O M4 entrou em serviço com os ingleses  em 1942, onde teve seu batismo de fogo na batalha de El Alamein, em outubro desse ano. Os primeiros M4 tinham como armamento principal: um canhão de 75 mm com alcance estimado de 1.2Km a 1.8Km, e como armas secundárias: uma Metralhadora calibre.50 Browning M2HB e duas calibre.30-06 Browning M1919A4. Mesmo assim, depois de pouco tempo, ficou claro que seu poder de fogo não era capaz de penetrar algumas blindagens alemãs. Durante toda a guerra foram feitos ajustes para melhorar o tanque. O m4 também utilizava um motor Continental R975 C1, a gasolina, com um alcance operacional de 193 km e velocidade média de 40 km.

Seus principais pontos fortes eram a mecânica de fácil manutenção, sua rápida produção e o baixo custo. Durante a guerra foram produzidas mais de 50000 unidades. O sherman possuiu diversas variações e modelos, como por exemplo: M4A1, M4A2, M4A3, M4A4, M4A5 e M4A6. Mas estes modelos não eram considerados a evolução do outro, e sim customizações diferentes. As versões alternativas contavam até mesmo com lança chamas R3, lança foguetes T-34, sistema anfíbio com flutuadores etc.


No fronte europeu, o Sherman não era um tanque tão eficiente quando lutando de frente à frente. Seu canhão não era muito efetivo e ele ganhou até mesmo um apelido de “rosan” (famosa marca de esqueiros), devido sua facilidade de incendiar. A exceção era o modelo M4a3 Firefly, que possuía um canhão de 76mm/ Mk.2 HV (17 pounder) de alta velocidade, calibre: 76.2mm que entrou em batalha em 1943.  O FireFly foi considerado o mais poderoso modelo sherman da guerra.

Vídeo

Este artigo foi feito por um Autor Colaborador. Quer escrever o seu ou melhorar este? Saiba mais!

Caso tenha gostado da matéria, compartilhe com seus amigos clicando abaixo:



Deivd


Valem seu clique:


Deixe seu comentário:

  • O que é o Games de Guerra?

    Blog especializado em jogos de guerra para PC. Aqui você vai encontrar matérias, dicas e downloads de jogos conhecidos e desconhecidos do gênero.



  • Acompanhe o GDG

    • Discord
    • Facebook
    • Youtube

  •